Texto: Romanos 4.18

Todos nós nascemos com um conceito equivocado de esperança, um conceito ‘velho’, fundamentado no pecado e que se relaciona a situações favoráveis.

A velha esperança não espera, não resiste às lutas, às provas e às tentações. A velha esperança tenta resolver tudo de modo rápido e que dependa de nós mesmos.

Esboço da preleção em PowerPoint no Google Drive
https://drive.google.com/file/d/1hBHHWBuxg-WjVmE_VtLfmbWNIrdavurr/view?usp=sharing

Apresentação