A Igreja

HISTÓRIA

“E chamou o nome daquele lugar “BETEL”, casa de Deus; porém o nome daquela cidade antes era Luz.” – Gênesis 28:18

É muito bom saber um pouco da história de nossas vidas! Recordar é viver! Melhor ainda é saber o porquê cultuamos a Deus na Igreja Batista Betel. Você que é membro de nossa igreja ou deseja conhecê-la melhor, veja como Deus tem manifestado seu poder através destes anos para com todos aqueles que buscam BETEL – A CASA DE DEUS!

Sabemos que não foi por acaso que você abriu esta página, ao lê-la você também passará a fazer parte da história de nossa igreja, especialmente quando estaremos completando 70 anos no final do ano 2007. Saiba que no dia 1º. de janeiro de 1938, esta igreja foi fundada com 29 membros, tendo recebido o nome de 20ª. Egreja Evangélica Baptista de São Paulo. Você, meu irmão betelense, deve saber que a irmã Izaura Galo Fausto fez parte desse grupo e que ela tem escrito até hoje as páginas históricas de nossa Igreja Batista Betel.

Deus escolheu o Pastor Taylor Crawford Bagby, membro da Igreja Batista de Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo, sob a orientação doutrinária do Pastor Dr. Rubens Lopes para evangelizar Santana através do Pr. T.C.Bagby e seu harmônio manual que era levado pelas ruas e praças de Santana por um adolescente, irmão Oséas da Silva, hoje, membro da Igreja Batista de Pinheiros, e brilhantemente tocado pelo pastor evangelista. Muita gente se convertia através dos cânticos dos hinos e pela pregação da palavra do grande missionário.

Épocas difíceis…. ‘condução’ – só bonde puxado a burros ou através do trem “Maria Fumaça” que cortava toda a Avenida Cruzeiro do Sul, seguia pela Rua Alfredo Pujol espalhando fagulhas, fazendo um barulho terrível, subia Santana gemendo e apitando em direção à Estação Cantareira, no alto da serra do mesmo nome. Quantas recordações!!!

O povo vinha de longe: Tamanduateí, Areal, Santa Terezinha, Mandaqui, Invernada, Pedra Branca, Horto Florestal, Tremembé, hoje, bairros promissores e populosos servidos de farta condução, até o metrô que facilita todo o transporte de passageiros!

Sua primeira sede foi na Rua Dr. César, 33, tendo se mudado para a Rua Voluntários da Pátria, 409, no dia 25/05/1938, portanto, cinco meses após ter nascido, num salão maior, pois o povo estava sendo alcançado e evangelizado, cumprindo-se a missão principal da igreja: EVANGELIZAR! GANHAR O POVO DE SANTANA PARA CRISTO! – Mateus 28:16 a 20 – IR – ENSINAR – BATIZAR e guardar os ensinamentos de Cristo e Ele estaria com seu povo para sempre!

No ano de 1945, com grande visão de crescimento espiritual, a liderança da igreja, dirigida e doutrinada pelo Pastor José Furtado de Mendonça o qual passou a conduzi-la e doutriná-la desde 1943, compra uma propriedade pequena na Rua Alfredo Pujol, 242, onde o Pr. Mendonça liderou a construção do 1º. templo Betel, pois a igreja em assembléia já havia oficializado o nome para EGREJA EVANGÉLICA BAPTISTA BETHEL – a casa de Deus, com base no livro de Gênesis 28:18.

Durante 29 anos o Pr. Mendonça liderou a igreja física e espiritualmente, levando-a a organizar várias filhas e preparando vários seminaristas para que assumissem a liderança destas igrejas filhas que já nasciam com templo, bancada, instrumentos e pastor preparado e empossado pela igreja mãe!! Grandes vitórias!

Em 1968, com o jubileu do Pr. José Furtado de Mendonça, passou a ser liderada física e espiritualmente pelo Pastor SILAS DA SILVA MELO, recém chegado do Estado da Paraíba onde, no Nordeste, liderou a Campanha Nacional de Evangelização em Recife, transferindo-se para a Junta de Missões Nacionais em São Paulo e assumindo o pastorado da Igreja Batista Betel. Ocasião em que a igreja pôs em prática o ide de Jesus, buscando almas e adentrando presídios com o Missionário Paul Vandoros, da J.M.N. e membro de Betel. A Casa de Detenção de São Paulo, localizada próxima da igreja passou a ter uma congregação onde centenas de presidiários tiveram um encontro com Jesus e libertaram-se do cárcere do pecado.

Várias corridas da Tocha do Amor em vários anos foram efetuadas em São Paulo, com a preocupação de divulgar o evangelho de Cristo especialmente no decorrer da Semana da Pátria. Com a criação da AMAR – Associação Missionária do Ar – o evangelho passou a ser divulgado por várias estações de rádio de São Paulo, tendo a igreja crescido em número e em espiritualidade. Também foi criada a Igreja Batista Sobre Rodas que percorria o Brasil, liderada pelo Pr. Silas levando o evangelho às cidades brasileiras e participando das grandes convenções Batistas programadas pela Convenção Batista Brasileira. Vitórias sobre vitórias!

Com o crescimento da igreja, em 1979, foram compradas duas casas do lado esquerdo do templo, a finalidade era colocar em prática o que lemos em Isaías 54:2 – “ Amplia o lugar de tua tenda e as cortinas das tuas habitações se estendam.” – Com essa visão, em 1986, foi lançada a pedra fundamental do Edifício e do templo Betel dos quais usufruímos hoje. A igreja evangelizava e cantava: -“É Betel Casa de Deus, é Betel Porta do céu” – assim agregavam-se vários membros salvos através do evangelismo feito dentro e fora da igreja.

No ano de 1998, mesmo sem a presença do Pastor Titular, a igreja, liderada por seu 1º. vice-presidente, irmão diácono Antônio Nasser Neto, confiou e entregou-se em oração, clamando para que o Senhor apontasse o caminho a seguir, e Deus não desamparou seu filhos, pois em julho do mesmo ano, Betel hospedou a Convenção Batista do Estado de São Paulo, tendo parte das reuniões sido realizadas no templo e dependências da igreja, bem como a hospedagem de grande parte dos convencionais, sendo as grandes concentrações, com cerca de 3000 pessoas realizadas no Ginásio Desportivo da Universidade Bandeirantes (UNIBAN) que nos cedeu o espaço. O Pastor Valter Hernani, pastor auxiliar da igreja, liderou as comissões e organizou o evento juntamente com o Pr. Geovane Nascimento Floriano os quais auxiliavam espiritualmente a igreja em todas as horas. Nesta ocasião o evangelho foi efusivamente pregado pelos betelenses e paulistas inscritos na convenção. Muitas vidas foram alcançadas e salvas pelo poder de Deus. Mais uma vez a igreja, mesmo nas horas de adversidade, cumpria a ordem de Jesus: IR, ENSINAR E BATIZAR! Betel sabia que o Senhor tinha um plano; confiou em orações e súplicas e as promessas confirmaram-se:- “EIS QUE EU ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS!”Durante 18 meses, a igreja dependeu inteiramente de Deus para que o irmão Antônio Nasser, como seu 1º. vice-presidente, o Pr. Valter Hernani e o Pr. Geovane Floriano conduzissem a igreja administrativa e espiritualmente, tendo no início do ano de 1999 sido constituída a comissão de sucessão pastoral, sendo o seminarista Josemir Heleno Augusto da Rocha, o relator e o diácono Antônio Nasser Neto, o orientador e o membro de ligação da comissão com a igreja. Esta comissão aconselhou-se por várias vezes com o Pr. Irland Pereira de Azevedo, presidente da Ordem dos Pastores do Estado de São Paulo e submeteu-se incondicionalmente à vontade de Deus, deixando que a igreja indicasse nomes para o ministério pastoral, tendo sido escolhido o Pr. Dálfines Serra Braga, então pastor de 1ª. Igreja Batista de Americana, São Paulo, dando-se o culto de posse no dia 05 de setembro de 1999, ocasião em que o pastor também comemorou o seu 10º. Ano de ministério pastoral. No ministério do Pr. Dálfines foi criada a comissão de Planejamento Estratégico com o objetivo de organizar e pôr em prática a missão da igreja para esta nova etapa e a igreja escolhera:- “REDE MINISTERIAL” – “Ser uma igreja consagrada a Deus, viva na adoração, santa na comunhão, forte na educação, fiel na cooperação, comprometida com a pregação do evangelho de Cristo para a salvação do homem e glorificação de Deus”. – Missão escrita, decorada pela igreja e musicada pelo irmão Edson Neves da Veiga que, com entusiasmo, contagiou a igreja para cantar e pôr em prática nos cultos e na vida secular.

No ano 2005 – mês de novembro, com a saída do Pr. Dálfines, toma posse como Pastor Interino da igreja, o PASTOR ANTÔNIO MENDES GONÇALES, presidente da Convenção Batista do Estado de São Paulo, pois a presidência da igreja estava sob a responsabilidade do diácono Wellington Newton Marinho de Moura, seu 1º. vice-presidente, e a igreja necessitava de um líder espiritual. A PIB. de Atibaia, com profundo amor cristão, liberou o Pr. Mendes para que assistisse a Igreja Betel espiritualmente nesta hora em que Deus estava provando a fé da membresia após 67 anos de bênçãos. A igreja saiu-se vencedora, pois a presença, o estímulo e a sabedoria do Pr. Mendes, durante nove meses, levou a igreja ao crescimento, à maturidade espiritual e a adotar uma nova visão de ministério pastoral, até que a igreja estivesse preparada e escolhesse uma comissão de sucessão pastoral, ele mesmo, como pastor interino, serviu de orientador e relator, levando a igreja a perseverar em oração, admoestando e exortando a igreja em todas as situações para que todos dependessem de Deus, pois, com certeza, Ele, o nosso Pai, já havia escolhido o homem certo para conduzir Betel, o rebanho especial em Santana. Durante alguns meses a igreja apresentou nomes e orou intensamente pela sucessão pastoral.

No dia 13 de maio de 2006 – a comissão de sucessão convidou, entrevistou e conheceu detalhada e profundamente o ministério pastoral do PASTOR GUILHERME DE AMORIM ÁVILLA GIMENEZ, da 1ª. Igreja Batista de Goiânia, Estado de Goiás, e apresentam seu nome para a apreciação da igreja, o qual, juntamente com sua esposa, irmã NIVIA FARIAS RIBEIRO ÁVILLA GIMENEZ e seu filho GUILHERME DE AMORIM ÁVILLA GIMENEZ JÚNIOR. , num domingo festivo de junho apresentou-se à igreja para compartilhar de suas experiências ministeriais, tendo o Pr. Mendes intermediado todo o contato, resultando num domingo alegre, descontraído e festivo, quando toda a igreja pôde conhecer, perguntar e interagir com o Pr. Guilherme e sua família e, posteriormente, numa grande assembléia, votar pelo convite ao pastor para assumir o ministério da palavra em Betel em tempo integral, como Pastor Titular.

23.09.06 – grande culto de posse do PR. GUILHERME DE AMORIM ÁVILLA GIMENEZ com a presença de várias igrejas batistas de São Paulo, notadamente a Igreja Batista de Ponte Grande, em Guarulhos, São Paulo, onde o Pr. Guilherme pastoreou por nove anos. O culto solene de posse foi dirigido pelo Pr. Antônio Mendes Gonzales, que também foi o mensageiro da noite e contou com a presença de 16 pastores que impuseram-lhe as mãos, tendo pronunciado a oração de posse o Pr. Marcelo Longo, e a igreja cantado o Hino 560 do H.C.C. – “OLHANDO PARA CRISTO”, a despedida deu-se com a leitura de Núneros 6: 24 a 26. Que o Senhor abençoe a Igreja Batista Betel, nesta nova fase, sob a liderança do Pr. Guilherme de Amorim Ávilla Gimenez e sua família que são bem vindos ao meio do povo betelense!

Hoje confirmamos:- Deus tem estado conosco nestes 69 anos! Que vitória!

GRANDES COISAS FEZ O SENHOR POR NÓS E POR ISSO ESTAMOS ALEGRES!

MISSÃO DA IGREJA

Ser uma igreja consagrada a Deus, viva na adoração , Santa na comunhão, forte na educação, fiel na cooperação comprometida com a pregação do evangelho de Cristo para Salvação do homem e Glorificação de Deus.

VISÃO DA IGREJA

Sermos relevantes, levando outras pessoas a aceitarem Jesus Cristo como único salvador e Senhor, tornando-se adoradores em comunhão, educados na Palavra de DEUS, e prontos para fazer novos discípulos.

FUNDAMENTOS DA VISÃO

  • Harmonia na adoração
  • Convívio na comunhão
  • Fidelidade na mordomia
  • Participação em missões
  • Ensino das escrituras
  • Prática dos dons em ministérios

DIVISA

“…Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos”.João 8:31